29 de abril de 2008

Back



Eu nem sei bem por onde começar, ou mesmo se começar de todo. Fucking amazing é a única coisa que consigo dizer e associar aos últimos dias. Que saudades tinha de um festival e de andar sujinha durante três dias!

Agora imaginem um vale rodeado de montanhas no deserto. Imaginem nesse vale uma área relvada limitada por palmeiras onde se instala um festival e onde se pode andar descalço por todo o lado porque o chão está limpo e não há vidros, nem copos de plástico, nem coisas cortantes por todo o lado. Onde existe uma área onde nos podemos refrescar ao som de música, com DJ's e aspersores de água em sintonia, sem ter de chafurdar na lama porque, mais uma vez, há relva. Onde há obras de arte espalhadas pelo recinto. Onde as casas de banho são limpas todos os dias e têm papel higiénico. Onde os chuveiros são individuais, com água quente, dentro de camiões tir preparados para o efeito. Enfim, acho que os nossos festivais ainda têm muito que aprender em termos de organização.

Os concertos foram fabulosos, com grandes e agradáveis surpresas. Podemos começar por Portishead, lindo, lindo, passar pelo Sean Penn a chamar cock sucker ao Bush enquanto apelava ao voluntariado e acabar em Roger Waters, que deu um concerto de deixar tudo boquiaberto e em estado catatónico, com aviões a sobrevoar o recinto, explosões e ecrãs gigantes de alta definição, com impacto sonoro e visual brutais. Foi tanto em tão pouco tempo que preciso de o digerir. Foi tão bom, tão bom, que não me ocorrem palavras para o descrever. Tirando fucking amazing, lá está.

7 comentários:

  1. Sounds good to me =D

    Realmente por cá ainda lhes falta aprender muito...

    ResponderEliminar
  2. Pois.. não sei se foi o Sean Penn.. se os aviões a sobrevoar.. se a imagem das casa de banho.. e dos aspersores.. mas fiquei arrepiada com a descrição do festival!! Um desse em Portugal convencia-me.. :)

    ah e Parabéns pelo Blog..

    ResponderEliminar
  3. gostas de ser mete-nojo nao gostas? aiii, que invejaa! =|

    ResponderEliminar
  4. hmmm, viste animal collective? mgmt? vampire weekend? são incríveis, vou vê-los ao primavera sound. quer dizer, vampire weekend conheço muito pouco, mas neste momento têm um hype-coiso do caraças. gostava de saber como se portaram ao vivo!
    devotcka vi no paredes de coura do ano passado e para mim bateu gogol bordello nas horas. :) viste? gostaste?

    beijinhos e continua a por-nos a par das tuas aventuras pelas américas, sejas elas quais forem.
    s.

    ResponderEliminar
  5. Nao vi animal collective, porque estava ja no palco principal a ver Kraftwerk e a espera de Portishead. Vi Vampire Weekend e deram um concerto muito fixe, gostei de Devotcka, mas talvez por estarem uns 40 graus quando tocou as 15:30, nao teve o impacto saltitante dos Gogol Bordello, que tocaram as 17:30, e que simplesmente arrasaram.

    O maior problema deste festival e estarem quase sempre 4 ou 5 concertos a acontecer simultaneamente, o que por vezes implicava fazer ingratas escolhas.

    ResponderEliminar
  6. Roger Waters??????????? Fucking amazing... sem dúvida!!

    ResponderEliminar
  7. Roger Waters??????????? Fucking amazing... sem dúvida!!

    ResponderEliminar