2 de agosto de 2009

Gay Pride Amsterdam



Acordo cedo, tinha combinado com o P. ao meio dia em Leidseplein. Chego sem fazer ideia dos planos, para rapidamente ser informada de que tínhamos lugar num barco. A diferença entre o Pride em Amsterdão ou noutras cidades do mundo, é que em vez de uma tradicional parada há um desfile de barcos - o que de repente me levanta a questão: então e as dykes on bikes? - sendo que para assistir ao mesmo as pessoas se juntam nas margens dos canais ou nas pontes, ou, melhor ainda, noutros barcos, de onde se disfruta muito mais, sem empurrões nem apertos, the coolest thing ever. Além disso, mais que uma festa gay, é uma festa da cidade, sendo que no primeiro barco do desfile vai o Mayor, e famílias inteiras se juntam para assistir. Chegando ao barco, dou de caras com um Johnny Depp* que seria o nosso schipper, camisa branca, wayfarer, all star, todo ele blasé, de pé sobre a popa ao comando do leme, oh my god, oh my god, i think i'm in love, que me fez passar a maior parte do tempo a olhar para trás, e que, contra todas as expectativas, não era gay. Por sorte, resolveu testar o meu dutch com uma das dez palavras que conheço, morango, isto é, aardbei, o que me permitiu salvar a honra e ganhar a sua simpatia para todo o sempre, ou pelo menos até ao fim da viagem e ao goodbye Ana. Pena que me tenha esquecido da máquina fotográfica, mas com um bocadinho de sorte receberei umas fotozinhas em breve, que os meus amigos gay não se distraem nestas coisas.
O dia estava magnífico, como raramente está, muito sol e calor, e as quatro horas no barco só não resultaram num valente escaldão porque felizmente eu sou daquelas pessoas que acredita nos benefícios do protector solar. Depois do barco, jantar e festa na rua, até, literalmente, não aguentar mais o cansaço. Mas foi bom, muito bom, e, especialmente, foi muito divertido.

*parecido mas parecido com a foto, mas sem chapéu nem fio.

12 comentários:

  1. OH! deve ter sido tão giro! O dia da rainha também é digno de se ver.

    ResponderEliminar
  2. Ao pé desse charme todo, nem de uma palavra em Português eu me ia conseguir lembrar..

    ResponderEliminar
  3. Deve ser mt giro :) queremos ver fotos sim senhora. Bjs

    ResponderEliminar
  4. Tens a noção que és a gaja mais sortuda à face da terra certo?
    1º o JP Simões e agora o Johnny himself!!!!
    Ganda Luna!

    ResponderEliminar
  5. LOOOOOOOOOOOL
    Não era o Johnny himself, era só uma versão baby Johnny. :)

    ResponderEliminar
  6. P.S. E encontrar o JP Simões não é difícil, é só andar por ali pela bica. (já o vi várias vezes)

    ResponderEliminar
  7. E o número de telefone do menino, conseguiste?

    ResponderEliminar
  8. Nãaaaaaaaaao... não tive lata e, como sempre, quem quis ficar com o meu foi o amigo feio. :(

    ResponderEliminar
  9. Sua mega tótó, que um fofo desses não se deixa escapar assim sem pelo menos email....aiaiaiaiai!
    Tiveste um dia em cheio! Mto fixe!
    O meu fds tb foi de arromba, tive pena de perder a Gay Pride, novamente direi: pro ano! Bjs

    ResponderEliminar
  10. Hummm Luna, parece que andamos a ter sorte com quem nos leva nos barquinhos. :-)

    ResponderEliminar