26 de maio de 2010

Coisas de que eu gosto neste país, sei lá

Chegado o fim de Maio, e depois de uns dias de quase calor, pensei, ingenuamente, que talvez fosse boa ideia comprar um casaquito de meia estação, tipo corta-vento, para finalmente pôr de lado os sobretudos de Inverno. E lá fui eu à procura, convicta de que não seria tarefa difícil. Que estupidez, como é que eu não calculei que neste país, onde as temperaturas são absolutamente abrasadoras no verão, chegando às vezes a passar dos 20 graus, não se vendessem casacos a partir de Maio. Eu entendo, é que com uma caloraça destas, com a máxima actual a chegar aos 14 graus, só um grau a menos do que apanhei à porta de casa da Sara às três da manhã em Dezembro quando fui passar o Natal a Portugal, ninguém precisa de casacos, ora essa, é só vestidos, mangas cavas e havaianas, pois claro. Tem lógica, claro que tem. Onde é que eu estava com a cabeça?

14 comentários:

  1. Se for preciso mandamos uns modelitos de cá :)

    ResponderEliminar
  2. Luna,

    Às vezes, tens piada... XD

    pronto, tens sempre piada que a mim não me apetece ser trucidado ;)

    ResponderEliminar
  3. ahahaha!!tive o mesmo problema, o ano passado não consegui arranjar um mas este ano antecipei-me!! Mesmo assim, em Abril já tive grandes dificuldades em encontrar um...a busca começa em fevereiro!E hoje está um frio desgraçado, mal tenho usado o casaco!!

    ResponderEliminar
  4. :-) É como ver os ingleses por cá de t-shirts, em pleno Inverno.

    Nada como comprar on-line.

    ResponderEliminar
  5. Eu tive nos finais de Abril e ja td o mundo se vestia como de verao se tratasse.....

    ResponderEliminar
  6. Uma palavrinha: Antuerpia. Ate encontras mais coisas do teu tamanho.

    ResponderEliminar
  7. Nem me digas nada, que eu, burra como só eu, resolvi vir para Noordwijk de férias só com roupa de Primavera... resultado: um frio de rachar e ontem meti-me no autocarro para Leiden para ir comprar um casaco...

    ResponderEliminar
  8. Encontraste algum? Eu encontrei um não muito giro refundido na H&M, mas só já vi aquele modelo, mais nada.

    ResponderEliminar
  9. Não vi nada de jeito, mas o desespero era grande, comprei um casaco polar na secção de desporto e pronto... já deu para passear à volta do moinho com muito mais conforto :-)
    Já agora, recomendas algum restaurante em Leiden? Amanhã já vou para Haia, mas hoje ainda estou aqui na praia...

    ResponderEliminar
  10. Vários... que tipo de comida? Preferências?

    ResponderEliminar
  11. (o melhor é veres isto com mapa ao lado)

    Olha, perto da estação, na steenstraat, há o Entrekoos (bom para bifes) e o argentino (gaucho?) (também bom para bifes).

    Na morstraat há um espanhol simpático, que não me lembro do nome, com boas tapas. Há também o Jills, caro, mais do género nouvelle cuisine.

    Na Noordeinde há o La diva - que nunca experimentei mas dizem que é bom - e um africano, da eritreia, o Djebena, que eu adoro, mas que por vezes é muito demorado - é dos que se come com as mãos.

    O melhor Grego é o Delphi, no Nieuwe Rijn - as doses são gigantes e a comida é optima.
    A melhor pizzaria é a Sorrento, na Hooigracht, e se quiserem comer moules e beber cerveja belga, há o Olivier também na hooigracht.

    O melhor italiano para mim é o Karalis, na Doezastraat. Ao lado há um tailandês, que também é considerado o melhor de Leiden.

    Na zona da Pieterskerk há uma série de restaurantes simpáticos, tipo o la bota (para spare ribs), ou o M'm Broer, normaizitos, simpáticos, e assim de repente, é o que me estou a lembrar.

    ResponderEliminar
  12. Num dia em que acordei zangada com tudo e todos, em que já me chatearam mesmo e não pude responder e tive uma crise de choro, consegiste fazer-m,e rir. Obrigada!!!

    ResponderEliminar
  13. Ok, Obrigada!! Depois digo-te a qual fomos!

    ResponderEliminar