29 de março de 2013

My thoughts exactly

14 comentários:

  1. Eu penso: mas o que é que as pessoas têm a ver com isso?! Porque é que há-de incomodar o meu vizinho que eu viva com uma mulher, ou com um homem,(ou até um de cada) se for tudo consentido e houver amor entre nós? Não digo que casem na igreja, ainda, porque são instituições com regras muito fortes e retrógradas, mas no civil, perante a lei, quem é que tem alguma coisa com isso?
    A minha alma fica parva com as lutas que as pessoas escolham travar.
    A propósito do cartoon, já viste o Lincoln? Era mandar aquela gente toda que gritava "o que mais faltava era a seguir darmos poder de voto aos pretos" numa máquina do tempo, e verem quem é presidente agora.

    ResponderEliminar
  2. Quanta presunção! Acho imensa piada às pessoas que se acham os mensageiros do progresso. Por acaso, ja viajou no tempo para saber como vamos estar nos proximos 50 anos? Porque é que o progresso há-de ser na direcção das suas ideias e não das dos outros? Quantas vezes a humanidade já voltou a ideias que tinha abandonado anteriormente?

    PS: FYI, sou a favor do casamento homossexual

    ResponderEliminar
  3. estou a falar dessa ideia típica da malta de esquerda de que vocês é que representam o progresso e que os outros são todos uns retrogrados totós. o progresso pode acontecer em todas as "direcções". eu, por exemplo, espero que o progresso implique a anulação da liberalização do aborto.

    ResponderEliminar
  4. bem, começo por dizer que nao me conhece de lado nenhum para me falar nesse tom. wtf?

    mas de facto acredito que a evolução civilizacional passa pela cada vez maior igualdade de direitos entre pessoas de qualquer raça, sexo, religião ou orientação sexual, e que as pessoas que hoje em dia se opõem a essa igualdade serão vistas no futuro com vemos hoje os opositores das sufragistas ou do acesso de negros a escolas de brancos, etc.
    é uma convicção pessoal que tenho, e não creio ser presunção expressar esta minha opinião no meu blog com um cartoon concordante.

    ResponderEliminar
  5. O oatmeal é muito bom. Recomendo o "homosexual steamroller": http://theoatmeal.com/comics/literally

    Chorei, literalmente, a rir.

    ResponderEliminar
  6. Con tu permiso, vou utilizar este cartoon, sim?

    E não entendi o de "malta de esquerda", eu não sou de esquerda, direita, cima ou baixo e tenho a sensação que as coisas estão a decorrer assim mesmo. Conheço tanta gente homofóbica ainda...curioso, não é? Mas também, são pessoas que encaram a mutilação genital com um encolher de ombros, portanto está tudo dito. Mais curioso ainda é o meu avô, que faz esta semana 88 anos, não entender o motivo de haver tanta gente anti-gay. Isso, 88 :)

    ResponderEliminar
  7. O mais interessante nestes comentários é alguém vir aqui proclamar que os arautos do progresso são parvos. Ainda bem que há 40 anos atrás alguns arautos do progresso bateram o pé e fizeram mudar o nosso país para que todos, TODOS, possamos dizer o que queremos. Incluindo as pessoas que querem gozar com os arautos do progresso.

    ResponderEliminar
  8. Juanna: parvos e presunçosos. ;)

    ResponderEliminar
  9. Independentemente das tuas convicções políticas, Luna, que não conheço, não posso deixar de passar como há gente que adora usar expressões como "essa malta de esquerda" ou "esquerdalha" como se fossem um mal enorme para o mundo. Antes os arrumadores de carros, ladrões e violadores.

    "Vivó" progresso, seja de esquerda, direita, cima ou de baixo!

    ResponderEliminar