14 de outubro de 2008

Em Roma, se romano. Na Holanda, pedala.

Pelo segundo dia consecutivo, vim de bicla para o trabalho. Meia hora p'ra acordar logo de manhãzinha, bem bom. Obviamente, como não devia andar de bicicleta para ai desde 1987, estou que nem posso, e posso garantir que, mesmo só com dois dias de experiência e a avaliar pelas dores que tenho no rabo, um selim não e um assento anatomicamente confortável. Especialmente nas partes empedradas que tanto favorecem a trepidação e me fazem andar aos saltinhos. Mas eu não desisto, e tenciono tornar-me numa ciclista exímia, conseguindo mesmo, quiçá, vir um dia a andar em bicicletas de adultos holandeses - por via das duvidas, e para já, emprestaram-me uma daquelas dobráveis, que são mais maneirinhas e consigo chegar com os pés ao chão - e de preferência de saltos altos, que uma pessoa deve ter objectivos grandes na vida.

Tivesse eu trazido a minha maquina fotográfica e ilustrava isto com a minha Bina. Infelizmente, esqueci-me.

8 comentários:

  1. A última vez que voltei a andar de bicicleta consegui cair mesmo a bicicleta estando parada :) Por isso admiro a tua coragem! Principalmente de saltos! ;)

    *BJS*

    ResponderEliminar
  2. Eu depois ponho umas fotos no facebook...

    (se arranjar maquina)

    ResponderEliminar
  3. Na primeira vez que fui a Amesterdão aluguei uma bicicleta. Foi dantesco. Eles são uns selvagens a andar de bicicleta! Morri de susto.

    ResponderEliminar
  4. muito bem... é assim mesmo... Eu adoro andar de bicicleta... só não ando porque cauas, exactamente, do acento ... deixa me o rabo muito mal tratado... mas ouvi falar nuns adaptadores com umas esponjas ou gel.... até já andei a ver... e parace-me que vai ser uma boa aquisição.... (fica a dica;))

    *beijocas e boas pedaladas !

    ResponderEliminar
  5. Bem, posso dizer-te que nao andava de bicicleta desde mais ou menos o mesmo ano. aqui em Barcelona há o famoso bicing, o conceito de bicicleta como transporte público. já caí duas vezes... na primeira o ego custou um pouco a levantar-se do chao, na segunda, já nao houve complexos!
    e já ando de saltos altos!
    nada como o hábito!

    ResponderEliminar
  6. deve ser tao bonito ver meio mundo a pedalar. sem fumos nem apitadelas.

    ResponderEliminar