2 de abril de 2009




Os dias cada vez mais bonitos e soalheiros, e embora não dispensem ainda agasalhos, já dá para tirar o gorro de vez em quando. Por outro lado eu vou conseguindo cada vez mais proezas. ciclísticas: já consigo andar uns 10 metros sem mãos - se alguém mandar a piada do olha mãe sem dentes eu juro que não respondo por mim -, de modo que daqui a um ano já devo fazer o trajecto entre casa e a universidade de mãos nos bolsos como qualquer holandês que se preze.

7 comentários:

  1. Grandes progessos, sim, sra.! :)

    ResponderEliminar
  2. Boa, mais umas semanas e estás lá!!!

    ResponderEliminar
  3. Olha mãe... sem dentes!!!Não aceito provocações. Sofia MM

    ResponderEliminar
  4. Ah malvada... dizes isso só porque sabes que és maior que eu. :)

    ResponderEliminar
  5. Não resisto pa! Sem dentes, com os joelhos esfolados, com telemóvel numa mão e focinho (salvo seja!) no chão :))) Ó Luna Maria, eu já ando de casaquinho de primavera, ando cá com um calores!

    ResponderEliminar
  6. Bom, depois de ler o post de cima, até me encolhi toda antes de comentar.

    Eu gosto de passar por aqui, nem sempre comento mas, gosto. Hoje achei este texto irresistível, porque estava a ler-te e a lembrar-me do dia em que eu (qual tuga pela primeira vez em Amesterdão) caminhava calma e serenamente na via reservada a ciclistas e de repente, para não ser atropelada, dei o salto mais rápido da História para o passeio. Refeita o susto, confesso que fiquei fascinada com a destreza do moço… Ok, e com o moço também!!!

    :)

    ResponderEliminar