17 de março de 2010

E agora voltando a assuntos importantes

Alguém me sabe explicar porque é que os cogumelos ficam muito melhores quando cozinhados em manteiga em vez de azeite? É que não só de sabor mas de textura. O que é uma chatice, porque a manteiga não é nada boa para o meu castrol. Truques para ficarem igualmente bons com óleos poliinsaturados saudáveis?

47 comentários:

  1. Um truque, que não involve gordura : é com sumo de limão e dentro do forno. Try it :)

    A Elite

    ResponderEliminar
  2. (e não é sem gordura por ser de dieta... é uma maneira de cozinhar francesa, just like that)

    ResponderEliminar
  3. A sério, nota-se a diferença? Apanhaste-me completamente... acho que nunca os cozinhei noutra coisa que não azeite. Da próxima experimento, espero não gostar - também não quero dar conta do cástroli. Sorry não ser de nenhuma ajuda!

    ResponderEliminar
  4. Eu por acaso nunca experimentei em manteiga.... Uso sempre azeite... e gosto.

    Colocas alho e especiarias para apurar o gosto?

    ResponderEliminar
  5. A serio? Nao fazia ideia! Adoro cogumelos cozinhados, acho que da proxima tento com manteiga!

    ResponderEliminar
  6. mesmo assim devias continuar com o azeite, que é muito mais saudável, cá por casa sempre azeite para cozinhar =)

    ResponderEliminar
  7. NÃO EXPERIMENTEM!!!

    Eu também vivia feliz a cozinhar saudável com azeite e tal, até que experimentei com manteiga... e ficam mesmo bons.

    Mas eu adoro manteiga, uma das minhas coisas preferidas no mundo é torradas com manteiga, e tenho de fazer um esforço para não comer de mais. Não sei se vão achar o mesmo.

    Elite: explica lá isso melhor?

    ResponderEliminar
  8. E por que não fritar os ditos em meio de azeite e meio de manteiga?

    Reduz o cástrol em metade, e também ficam muito bons e texturadinhos...

    (é uma dica, hummmm?)

    ResponderEliminar
  9. Eu vou continuar a fazer em azeite, só experimentei uma vez por causa do julie and julia, mas o bom senso e o facto de ter tendência a colesterol elevado levam-me a que tenha sido uma vez sem exemplo. Mas ficam mesmo bons.

    ResponderEliminar
  10. Nunca experimentei, e obrigadinha por me deixares na dúvida. É que também sou tarada por manteiga, e está reduzida à torradinha por causa das coisas, sendo uma delas o castrole mas a principal é mesmo a linha (sou badocha, mas sem castróle).

    Vou tentar esquecer o que li (azeite, azeite, oohhhmmmmm)

    ResponderEliminar
  11. em azeite bem quente e pouco de cada vez porque libertam muita água. Temperar quando estão quase cozinhados.

    ResponderEliminar
  12. Isabel: de facto dá-me a sensação de que não sei apanhar bem o ponto. e se calhar é porque ponho de mais de cada vez. hei de experimentar aos poucochinhos.

    ResponderEliminar
  13. I: não vejas o filme Julie and Julia.

    ResponderEliminar
  14. Por acaso ainda não vi o Julie & Julia, mas sei que a Julia Child era famosa pela devoção à manteiga :)

    Outra coisa: olha lá, estás a tentar ter um blogue de gaija? ;)

    (a raspar-me a toda a velocidade)

    ResponderEliminar
  15. Eu a-do-ro manteiga (querem ver-me feliz é darem-me um pão estaladiço com manteiga).

    Mas não gosto de cogumelos, pelo menos este post não me vai tirar o sono.

    ResponderEliminar
  16. Grelhados , cheios de limão e uma ou duas pedrinhas de sal?
    Mas eu vou experimentar com manteiga.. obrigada pela dica.
    Pat

    ResponderEliminar
  17. Não, apenas gosto muito de cogumelos.

    ResponderEliminar
  18. Luna,
    Não tem nada a ver com cogumelos, mas... sabes que hoje, em Lisboa, estão quase 20 graus e se pode andar de t-shirt? :)

    ResponderEliminar
  19. Sem gordura, na chapa depois da carne grelhada com sal... ou na frigideira anti-aderente (com sal).... Ou tira-lhes o talo com jeitinho. põe-nos de cabeça para baixo na frigideira (sem gordura) e põe um niquinho de sal fino no buraquinho... o sal vai "fazer sair o líquido"... não deixar cozer muito, só mesmo o tempo de aquecer. Servir como entrada: bebe-se o líquido e depois come-se o resto. Eu uso os talos para cozinhar com os legumes ou com outra coisa qualquer.

    P.S.- quando os cozinho em azeite dos supermercados daqui não sabem tão bem como quando em azeite tuga (mesmo o galo)...

    ResponderEliminar
  20. no wook, com pouco azeite e uma mão cheia de frutos secos..;)
    só gorduras saudáveis :)

    ResponderEliminar
  21. Ia sugerir grelhados com uma pitada de sal (com ou sem limão) mas já houve quem se chegou à frente.

    Adoro. Tal como adoro legumes grelhados (Courgettes, tomate, cenoura, etc.)

    ResponderEliminar
  22. E para as pessoas que não têm chapa nem grelha e tal?

    ResponderEliminar
  23. Experimenta uma frigideira de teflon, sem gordura ou só uma niquinha. Não costuma pegar, é o que eu faço para evitar cozinhar com gordura.

    ResponderEliminar
  24. E pior, os que têm a cozinha na sala (há quem lhe chame kitchenet) e se fizerem grelhados até a TV fica com cheirinho?!?

    (Calculo que seja também o teu caso, mas não resisti. Odeio kitchenets.)

    ResponderEliminar
  25. Na realidade, até podem levar as duas coisas.
    Eu faço assim, e ficam muito bons:
    1) alouro os cogumelos com salva e alecrim em azeite;
    2) junto os alhos picados, sal e pimenta;
    3) quando já estiverem cozinhados adiciono um pouco de água para ficarem mais tenros (eu frito numa frigideira grande para fritarem mesmo e não libertarem a água própria);
    4) quando secarem, junto uma noz de manteiga;
    5) termino com umas gotas de limão.

    ResponderEliminar
  26. Não tenho kitchinete, mas a minha cozinha deve medir uns 2 metros quadrados, e tem entrada aberta para a sala, de modo que há coisas que simplesmente não são práticas de cozinhar.

    ResponderEliminar
  27. Há por aí uns medicamentos para fazer baixar o cástrole. Quando comer o fruto proibido, engula pílulas durante dois dias. É o que os católicos fazem com o pecado e a confissão, e funciona bem há muito tempo.

    ResponderEliminar
  28. Então e uns espargos com ovos? Mas espargos mesmo! Daqueles eu um gajo tem de andar pelo meio do campo.

    Cogumelos? Hmmmmm... na grelha e uma pitada de sal. Só assim, sem mais nada.

    ResponderEliminar
  29. acontece que os comprimidos para o castrol têm efeitos secundários e são destinados a pessoas mais velhas. não é suposto começar a tomar medicação contra o castrol nesta idade, sob pena de mais tarde já não haver nada a fazer.

    ResponderEliminar
  30. Em quatro palavras:
    Cogumelos condimentados marca Continente.

    A sério.

    ResponderEliminar
  31. Obrigada. Como sabem, a marca continente é extremamente popular aqui na holanda.

    ResponderEliminar
  32. Life is better with butter :)

    ResponderEliminar
  33. Não querendo estragar a festa, sempre ouvi dizer que o azeite quente seria tão nocivo como a manteiga nos cozinhados. Algo sobre a estrutura do azeite se degradar com a temperatura e passar e monoinsaturado a saturado.

    Será verdade?

    ResponderEliminar
  34. Sandra eu não tenho factos científicos, mas tudo em que é dietas falam de cozinhados só com azeite, como única gordura permitida.
    Mas já ouvi é que se deve usar o azeito com maior nível de acidez em ves de menos, ao contrário do que se usa (deve usar) em cru.
    Quanto aos cogumelos, a mistura de cogumelos da marca continente é qualquer coisa... mas com manteiga só experimentei no risoto. fica delicioso. Mas só grelhados também ficam óptimos!

    ResponderEliminar
  35. Sandra: ainda assim o azeite não tem colesterol. Mas sim, tb tenho ideia de que com a temperatura os óleos vegetais podem saturar, sendo mais saudáveis se consumidos crus.

    ResponderEliminar
  36. Como hão de calcular, não é o gallo ou oliveira da serra. But that's not the point. Não é de hoje que cozinho cogumelos e nem disse que ficam maus com azeite - que é como sempre os fiz. Disse que ficam muito melhor com manteiga - e não margarina, que não é a mesma coisa. E independentemente do tipo de azeite que usar os cogumelos não vão passar a saber a manteiga.

    ResponderEliminar
  37. Luna,
    Desculpa lá!
    Pensei que algum dia da tua vida viesses visitar a familia, ou coisa que o valha, ou então, tivesses alguma alma caridosa que te pudesse enviar uns enlatados.
    Olha que valia a pena.
    Mas pensei mal, sou mesmo estupida.
    Marca Continente na Holanda... é com cada uma, que grande bruta que eu sou...

    ResponderEliminar
  38. Rachel, sem exageros nem dramatismos, convenhamos que não é prático contar com cogumelos portugueses para a minha alimentação diária...

    ResponderEliminar
  39. Luna, queres que te envie uma garrafinha de azeite caseiro como deve ser?

    ResponderEliminar
  40. LOL
    obrigada, mas é uma maçada, e não sou assim tão picky com o azeite - mas compro italiano, pelo menos.

    ResponderEliminar
  41. P.S. Agora a sério, enviar coisas pelo correio sai a 6 €/kg, razão pela fica um bocado caro mandar vir coisas de portugal. Há cá umas lojas portuguesas, mas como não são em leiden e eu nao tenho carro, torna-se mais complicado fazer o abastecimento.

    ResponderEliminar
  42. Eu não falei preços nem em lojas portuguesas ou em azeites italianos gourmet que custam os olhos da cara (sim são bons mas...), e etc.

    A minha pergunta é simples: queres que te envie um frasquinho de azeite caseiro feito na Beira Interior?
    Se queres eu mando, com gosto. Se não queres, amigos como dantes, quartel general de Abrantes :)

    ResponderEliminar
  43. LOL
    Eu tb não falei em nada gourmet. Tento escolher do mal o menos, e por isso compro azeite italiano - melhor que o holandês.
    De resto só estava a dizer que sai carote enviar coisas de portugal. E embora me agradasse muito receber azeitinho do bom cá nos países baixos, não tenho lata de aceitar tanta gentileza. :)

    ResponderEliminar
  44. Esta conversa, de brincadeira, só tem mesmo o tom, que é assim que eu sou, um desmiolado. :)

    Quanto à lata, tenta pensar em europeu "centro-nórdico" e verás que não há lata nenhuma em aceitar uma oferta despretenciosa ;)

    email me in case you change your mind...

    ResponderEliminar