16 de abril de 2010

As calças ficam-me tão bem

Que passo não sei quanto tempo a admirá-las ao espelho, "assim à bimba de merda, coladinhas ao pacote", como diria a nova guru da moda nacional, e demoro que tempos a sair de casa. É que até me dá vontade de tirar umas fotos para mais tarde recordar, que isto nunca se sabe quantos anos de bom rabo ainda se tem pela frente, e daqui em diante é sempre a descair. Realmente uma boa calça de ganga faz milagres, e as minhas Levi's velhinhas que comprei em SF quando estava um batoquezinho já não me faziam justiça, não senhora. E ficam a anos luz das da H&M. É que até pareço mais magra. Adoro adoro adoro. Quase estou tentada a não falar em mais nada, e tornar este blog numa ode à Levi's e ao bem que faz à minha auto-estima.

33 comentários:

  1. Pode ser que te ofereçam mais dois pares.

    ResponderEliminar
  2. não, que a mim nunca ninguém ofereceu nada.

    ResponderEliminar
  3. LOL
    E eu trouxe as calças um bocadinho mais largas do que devia no rabo, mas as skinny que são enormes (supostamente, remember) fazem um cú que é como um telemóvel! Um mimo!

    ResponderEliminar
  4. E o gloss com as Levi's? Ah? Ah? Ah?! Ah pois é bébé! Irresistíveis, foi assim que de lá viemos, tá???

    ResponderEliminar
  5. não há como encontrar o par perfeito de calças de ganga...:)Beijinhos e leva-as a passear muito!

    ResponderEliminar
  6. Luna :) Agora fiquei curiosa sobre as calças, qual é o modelo?

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. LOL

    lá vou eu revelar o segredo: são as 524, em boot cut e skinny, e são para juniors (não vale gozar). como sou petite, assentam-me que nem uma luva. mais ainda que as de mulher.

    são estas:

    http://us.levi.com/product/index.jsp?productId=3607916&cp=3741192.3891844.3891854

    ResponderEliminar
  8. Olá,

    cheguei ao seu blog por acaso e me diverti com seus posts, principalmente pelo jeito que vocês portugueses escrevem.

    Eu adoro e diria que acho muito bonito e que escrevem muito bem, muito melhor que os brasileiros.

    Nunca comentei porque... não sei dizer. acho que não queria ser chata.

    Mas este post... ah este post!
    Me desculpe mas me deu dor de barriga de tanto rir. É que as palavras soam um tanto inusitadas para o assunto, não sei explicar!
    Me dê licença, por favor, sei que o blog é público, vou ter que enviar o link a algumas amigas.

    A você desejo coisas boas e que continue com o blog!

    ResponderEliminar
  9. Não deve tardar muito para aparecerem Anónimos a dizerem que agora tens publicidade no blog, e que te oferecem coisas, e mais o camandro... =P

    Já não compro calças da Levi's há uns anitos. Tou a ver que tenho de ir lá inspeccionar os novos modelos!

    ResponderEliminar
  10. É. Sou tão famosa que até a Levi's dos estados unidos me oferece calças.

    ResponderEliminar
  11. Rapariga, escreve à vontade e gasta o espelho de tanto olhar, eu também faço o mesmo quando compro alguma coisa fantástica. São horas e horas ao espelho. Não aumenta só a auto-estima, eu acho que até dá saúde e anos de vida ;)

    ResponderEliminar
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  14. Também comprei umas num outlet nos states e são as melhores calças de ganga que alguma vez tive. O outlet era impressionante. Tinha todas as calças e todos os números. Foi só escolher o número certo e não foi preciso fazer bainha.

    ResponderEliminar
  15. Pois, infelizmente, apesar de ter escolhido o tamanho de perna "short", mesma assim sou mais pequena que as average short, pelo que me sobram cerca de 2 ou 3 centímetros. Mas basta dobrar a bainha para fora e já dá.

    ResponderEliminar
  16. Gosto muito. Por acaso pensei que fossem aquelas bem afuniladas, como está muito na moda. Mas eu não me consigo habituar. Gosto mais deste modelo. Meio termo. Muito bom.

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  17. Ao tempo que não ando dentro de umas Levi's..

    ResponderEliminar
  18. O que me dói é o preço. Ainda há pouco mais de um mês paguei 90 aéreos (ai se aquela tua comentadora lê!) menos uns centimozinhos por umas Levi's. Eu, nisto de calças de ganga, sou tão fundamentelista como sou com relógios. Não me venham cá com relógios de costureiro, ou de estilista: relógios são Patek Philippe, Rolex, Breguet, Franck Muller e até Swatch, porque não? (adoro, e a minha carteira não chega aos outros).
    O mesmo se aplica aos jeans: são Levi's, são Lee, são Wrangler, eram Uniform (que raio aconteceu ao raio da marca, que tinha um modelo que era perfeito para mim, que tenho cintura muito fina?), e ponto final. Abro só uma excepção: tenho dois ou três fantásticos pares da Benetton. O resto são abordagens amadoras e risíveis.

    ResponderEliminar
  19. Adoro, adoro, adoro.

    Aquele abraço,

    ps- também senti saudades da doce Luna.

    ResponderEliminar
  20. Ainda bem que adora, meu caro. Espero ansiosamente por outra sessão de coitadinho "ai, que coitadinho de mim, não sei porquê sou maltratado gratuitamente quando sempre fui tão cordato e nunca, nunca, nunca provoquei ou pretendi ser irónico, sarcástico ou condescendente, ou mesmo fazer troça da autora deste blogue, para agora me ver assim tão insultado, apesar de cada vez que cá venho a chamar de doce luna e acabar com aquele abraço, que é tudo por bem e sem pinga de ironia, ai coitadinho de mim, ai, ai, ai, tão injustiçadinho, ai, ai, ai, que grande injúria, que nunca fiz por merecer tal coisa".

    Sim, meu caro sonso, é sempre bem vindo.

    ResponderEliminar
  21. Exacto Teresa. É o meu tipo de comentadores preferidos, até tinha pensado escrever sobre o fenómeno.

    ResponderEliminar
  22. Tinha pensado escrever? Mais?

    Vou dar-lhe uma de borla (salvo seja): há que saber distinguir uma provocação de um insulto. Está perdoada, doce Luna.

    Aquele abraço,

    ResponderEliminar
  23. Mas eu sei, meu caro calimero. O que acho é que a provocações continuadas as pessoas devem esperar respostas à altua, em vez de se fazerem de coitadinhas. Provoquei, assumo a resposta, não digo que foi un insulto gratuito. Talvez seja o meu caro calimero quem deva aprender isto.

    ResponderEliminar
  24. já vi que não chega lá só com uma...

    E que bem que adjectiva! Não lhe mereço toda esta atenção, doce Luna.

    Aquele abraço,

    ResponderEliminar
  25. Não, meu caro, o meu caro é que lá não chega.
    Repare, eu não o procuro, não bato à sua porta, não vou ao seu blog - caso o tenha -, nem sequer tenho uma forma de o contactar para o chatear, se o quiser fazer.
    O meu caro vem cá, regularmente, por sua iniciativa, e propositadamente para me chatear. Não é por acaso, não calha, não. O meu caro vem cá de propósito para isso, agindo intencionalmente no sentido de me irritar e provocar na minha casa - dou-lhe uma borla aqui: reflicta sobre as diferenças entre acção e reacção -, ficando depois muito melindrado se eu lhe digo que as suas provocações são idiotas, e dizendo que parto para o insulto. Acontece que eu acho honestamente que na sua maior parte são mesmo (idiotas), e não acho que o dizer corresponda a um insulto, uma vez que não teço juízos sobre a sua pessoa, que não conheço de lado nenhum, sendo apenas a minha opinião sobre as suas tiradas provocatórias.
    Não contente, aplaude insultos - esses sim gratuitos - à minha pessoa, enquanto aproveita para se fazer de calimero, ai que sou tão mal tratado, eu que nem venho cá todos os dias por minha livre e espontânea vontade só para chatear, ai ai, a luna é má.
    E o mais engraçado é que o faz, apesar de existir uma coisa chamada livre arbítrio, e que o permite escolher. Sim, porque ao contrário de mim, que não tenho escolha, uma vez que tenho um blogue com caixa de comentários aberta, pelo que tenho mesmo de levar consigo mesmo não querendo, o meu caro tem a possibilidade de escolher não levar comigo e os meus "insultos" horríveis. Pode escolher não vir cá, já que não gosta. Ou escolher vir e não comentar, para satisfazer qualquer guilty pleasure. Ou mesmo escolher comentar sem provocar. Enfim, resumindo, podia escolher não chatear. Mas não, escolhe todas as opções erradas, e depois queixa-se. A diferença entre nós é que eu não vou a casa de ninguém para provocar ou chatear, apenas não engulo sapos na minha casa.

    ResponderEliminar
  26. Que fique redigido em acta!

    Aquele abraço,

    ResponderEliminar
  27. Eu só sou fundamentalista mesmo com os sapatos de téne (o único calçado que tento usar).
    Sou esquisito com o resto da roupa, mas geralmente não ligo à marca. Agora os ténes...

    ResponderEliminar
  28. Hmmm... Já não compro umas Levis há anos... Mas é uma opção a considerar... e eu também sou bem petite... ;)

    ResponderEliminar
  29. bem que podias deixar uma fotozinha das levis só para ver o género... eu cá por mim, só houve umas calças que me provocaram essa reacção que foram umas da salsa... usei-as até à exaustão, de tal maneira que ao fim de 6 meses romperam-se... pois que tb engordei um bocado e quis que as calças acompanhassem a minha gordurita... estupida... agora remendadas ja me ficam bem outra vez... mas ando a procura de outras do genero...

    Beijos

    Rita

    ResponderEliminar
  30. seguindo o link onde digo "são estas:" há fotos das calças.

    ResponderEliminar