6 de abril de 2011

Mais uma moeda, mais uma viagem

Não é por se repetir muitas vezes uma mentira que ela se torna verdade. E mentiras são só isso, mentiras. E sabendo eu, e toda a gente que me conhece e importa, a verdade, só posso encolher os ombros e ter pena de quem, não me conhecendo, não sabendo nada de mim e dos meus, se esforça tanto para me tentar atingir com fantasias que só existem na sua cabeça.

A sério, mesmo que se esforcem muito, não vai passar a ser verdade. E nem as vossas vidas e família se tornam melhores por denegrirem a minha. A realidade continua a ser a mesma, lamento informar.

60 comentários:

  1. Demasiado lamentável, não ligues :)

    ResponderEliminar
  2. Nem mais. E já se perdeu demasiado tempo com tamanho lodaçal.

    ResponderEliminar
  3. E eu nem quero imaginar o desgosto que eu daria a esta gente se lhes explicasse que, para grande pena sua, não sou bolseira...

    ResponderEliminar
  4. Não consigo entender como há gente tão poucochinha. Uma lástima.

    ResponderEliminar
  5. Não me perguntes porquê (não te conheço pessoalmente, só te "conheço" pelo blog), mas descobri esse "hate blog" que anda nas bocas da blogosfera e, num ímpeto, defendi-te! Senti, de algum modo, necessidade de defender alguém que considero que trabalha bastante e que faz algo que muitos gostariam e sonham um dia fazer. Já estudei na licenciatura em Química, agora estou a estudar em Ciências Farmacêuticas e sei, ainda que em muito menor quantidade do que tu, o que é passar horas e horas num laboratório, ter que estudar muito bem os protocolos e saber bem o que se está a fazer. Sinto-me solidária com o teu enorme esforço e coragem de conseguires lutar e vencer num país estrangeiro. Por isso defendi-te (espero que não me leves a mal) e gostava bastante que, antes de "atacarem" quem quer que seja de forma tão baixa, essa gente pensasse um pouco que as pessoas têm sentimentos e um coração que bate um pouco ao ritmo das opiniões e sentimentos dos outros, por muito que às vezes se tente ficar indiferente a eles.
    Sou leitora assídua deste blog há uns dois anos e só hoje é que decidi comentar...
    Há sempre uma primeira vez para tudo :).
    Muito boa sorte para o teu trabalho.

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  6. Agradeço-te a solidariedade, mas se há coisa que eu sei, é que só serve para chamares as atenções contra ti também.

    No início este tipo de comentários maldosos e difamatórios incomodavam-me bastante, mas depois uma pessoa vai aprendendo a lidar com isso.
    O facto de repetirem 400 vezes a mesma coisa não a torna verdade, e uma vez ganhando essa noção, deixa finalmente de nos atingir.
    Não passam de mentiras, fantasias, e invenções de mentes com tendência ao delírio, e ainda por cima, pouca imaginação.
    Começa a dar-se o mesmo crédito que ao maluquinho do manicómio que jura a pés juntos que é o napoleão, ou que sabe de fonte segura que o elvis está vivo e onde é que mora.

    ResponderEliminar
  7. Pronto. Ainda bem que já ganhaste imunidade a este tipo de coisas sem sentido nenhum :)

    ResponderEliminar
  8. Deixo-te uma frase que me conforta sempre que me vejo em situações similares "A Mediocridade ataca sempre a Excelência". Keep up the good Work ;)

    ResponderEliminar
  9. Há gente tão engraçada no mundo, não há?

    ResponderEliminar
  10. Já passei por esse hate blog, é de chorar a rir o lindo português que escrevem.

    ResponderEliminar
  11. Desculpem meter-me na conversa, e logo quando tento evitar este assunto.

    Little Secret,
    É curioso e sintomático que eu não tenha visto nenhum comentário a defender a Luna (suponho que estamos a falar do mesmo blogue). Como tal, e por acreditar na verdade do que escreveste aqui, deduzo o óbvio: o comentário foi apagado. Trata-se de um blogue direccionado para meia dúzia de alvos, tenho fortes suspeitas que a esmagadora maioria dos comentários é feita pela própria autora, já que reparei que praticamente só há comentários logo a seguir a um post novo. Sendo aquilo uma alegre algazarra, em que todos os anónimos podem comentar com a maior impunidade sem qualquer moderação, seria de esperar comentários posteriores e esporádicos. Nope, são tão raros como trevos de quatro folhas.

    ResponderEliminar
  12. É tudo lindo. Case study mesmo.

    ResponderEliminar
  13. Teresa o meu comentário continua lá. É certo que está como anónimo, porque sei como estas pessoas podem ser mesquinhas e de como a minha tentativa de boa acção se podia transformar num calvário. Mas coloquei lá a minha opinião acreditando que não o apaguem só porque tenho uma opinião contrária ao que por lá se diz. Não sei por quanto tempo o comentário continuará naquele sítio, mas ainda por lá está.

    ResponderEliminar
  14. Isto até parece mentira querida Luna mas acho que o dia 6 de Abril foi tirado para as pessoas ofenderem outras. O que eu tenho sofrido hoje no meu blog...

    ResponderEliminar
  15. Case study indeed, Luna.

    Little Secret,
    Nesse caso nãome lembro de o ter visto. Diga-se de passagem que não é sítio que visita apetecível, e não só em relação a mim.
    Achei que tinbha sido apagado porque foi o destino que sofreu, há algum tempo, um comentário que se limitava a dizer que o que se passava naquela caixa era simplesmente aberrante, e talvez mais qualquer coisa, já não me lembro. Desapareceu em pouco tempo.

    ResponderEliminar
  16. Mas há lá outro blog que desencante uma Marilyn com a sua bike?

    Não.


    Então pronto.

    ResponderEliminar
  17. Luna já visitei este blog algumas vezes, pareces ser uma pessoa simples, coerente, com vontade de a cada dia se tornar melhor como todos nós deveríamos ser. Acompanhei hoje o que se passou e acabei de ler o que foi escrito no outro blog... Não consigo expressar por palavras a revolta que isto me causa, é desumano.

    Fico feliz por ver que adoptaste uma atitude de indiferença. Parabéns pela forma diplomática como lidas com isto, sabes quem és e isso basta e todos nós, de uma forma ou de outra, vamos lutar para que esta gente acabe.

    Começa por deixa-los sem visitas e limitarem-se a comentarem-se a si próprios até se cansarem. Hoje foi a primeira e última vez que contribui para o sitemeter.

    Beijinho,

    Raquel

    ResponderEliminar
  18. Nossa, e COMO eu concordo com o que você diz. Tem gente que não se toca. :P

    ResponderEliminar
  19. É case study mesmo.

    Gosto especialmente da nova definição do conceito "fonte segura":

    - a minha imaginação

    - o meu desejo mais íntimo

    - o amigo imaginário que conversa comigo quando me esqueço de tomar o lítio

    - o meu colega de enfermaria no miguel bombarda

    - outros comentários anónimos em hate blogs

    ResponderEliminar
  20. e por acaso acham bonito os comentários dos trolls que o blogue da pipi está a deixar passar a falarem mal de mim? que graça é que isso tem? claro que me sinto ofendida, e até já estava a dar o beneficio da dúvida à pipi, mas assim, qual a diferença da pipi para o outro blogue, se permite isso?

    ResponderEliminar
  21. E queres que façamos o quê? Um post a dizer que são muito maus e com link para lá? Já vimos que não é a melhor táctica, ou não?

    ResponderEliminar
  22. isso nem tem resposta. claro que não é nada disso. só disse isto porque ao que parecia certas pessoas diziam (ou ainda dizem) que a Pipi tem muita graça, inclusive a Teresa e outras pessoas que por lá comentam.
    mas pelos vistos só deixa de ter graça quando nos toca a nós, quando é com os outros é um fartote de rir.
    está mal? é óbvio que sim. mas muita gente só se toca, quando é com elas, como eu já disse.

    (enfim...esquece)

    ResponderEliminar
  23. Teresa, deixei um comentário nesse hate blog, em anónimo, a manifestar-me por deixarem passar aqueles comentários e que aquilo me dava vómitos. Nunca mais lá voltei, mas por causa do post da Pinnk dei conta que me apagaram esse comentário, mas deixaram os restantes, em que se falava de vidas privadas com certezas que não sei onde foram buscar.
    Fica explicada a má fé e cabeça doente desta gente.

    ResponderEliminar
  24. Sou só eu que não percebo o que se passa na blogosfera? Alguém me elucida? E já agora me manda o link pra eu poder falar com conhecimento de causa?

    ***

    ResponderEliminar
  25. Como é mais ou menos óbvio, não vou pôr aqui o link...

    ResponderEliminar
  26. Mas alguém tem dúvidas que os comentadores são apenas a autora do blogue?

    Além do mais, até prova em contrário, já tenho na cabeça quem é a autora. (Teresa, continuo na minha. :-) )

    Luna, nem vale a pena estar aqui a falar do assunto.

    É mais um caso para a ala psiquiátrica.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  27. Olha, via agora. Terminou com aquilo.

    Afinal o medo foi de quem?


    Teresa vê lá a 1ª nomeada e depois diz-me se não tenho razão.

    ResponderEliminar
  28. Alexandra, vais achar que sou teimosa, mas continuo muito céptica.
    Acho que são registos muito diferentes, e seria de muito pouca inteligência (para não dizer pior) conceder tal nomeação.

    ResponderEliminar
  29. "Olha, via agora. Terminou com aquilo.

    Afinal o medo foi de quem?"

    Pois, quem tem cu tem medo. E a Internet pode ser um reino de impunidade, mas basta algum dos visados se ter chateado a sério e querer levar aquilo até às últimas consequências que iam ter muitos problemas.

    ResponderEliminar
  30. Querida,

    nao sei de que se trata, mas mentir nao é de todo bom!
    Força.

    ResponderEliminar
  31. Não sei de que se trata mas, sei que seu texto expressa uma verdade incontestável é de uma poesia maravilhosa.

    ResponderEliminar
  32. Amei o teu blog <3 e vou seguir, segue o meu tambem s egostares claro: conceicaoccs.blogspot.com
    Bjo

    ResponderEliminar
  33. Deves andar com mais em que pensar, mas achei que isto te podia interessar:
    http://www.ionline.pt/conteudo/116915-scarlett-johansson-e-sean-penn-assumem-romance

    ResponderEliminar
  34. Estes tugas demoram a perceber...
    www.portugalblinddate.wordpress.com

    ResponderEliminar
  35. Pois, mas se não puseres o nome do outro blog, poderemos sempre pensar que este post foi publicado para teres mts visitas!

    ResponderEliminar
  36. Exacto, que é uma coisa de que eu preciso imenso, porque tenho poucochinhas.

    ResponderEliminar
  37. No Show Business não custa subir ao topo, custa é manter-se lá.

    BfdS

    ResponderEliminar
  38. Sim, aliás nota-se que é uma grande preocupação minha, dados os 40 posts diários e nunca passar mais de um dia sem postar. Ah, e os brindes, é muito importante para mim não baixar as visitas porque depois deixo de receber brindes e fazer concursos. E as entrevistas na TV e imprensa nacional? Nem quero pensar...

    (show business, seriously?)

    ResponderEliminar
  39. P.S. o facto de metade das pessoas saberem do que se trata também é um bom indicativo de que resolvi inventar um post para angariar visitas (embora não perceba muito bem onde é que fazer um post sem links e sem apelar ao sangue faz ganhar visitas, mas está bem)

    ResponderEliminar
  40. Agora que falas nisso, bem que podias fazer um concurso, era tão giro!
    Tínhamos de ser tuas seguidoras, pôr link no nosso blogue, comentar aqui e enviar um texto em que entrassem as palavras "Luna", "horas perdidas", "bicicleta" e "comentadores idiotas".

    Podias sortear uns genuínos tamancos holandeses, que tal? ;)

    ResponderEliminar
  41. "E as entrevistas na TV e imprensa nacional? Nem quero pensar..."

    E os milhões mensais que recebes da publicidade que tens no blogue (e que está tão bem escondida que nem sequer é visível)? Como é que ias viver sem isso?! :D

    ResponderEliminar
  42. Remeto-as para o meu blos post "a história repete-se"

    ResponderEliminar
  43. Agora está-me a parecer que quem quer visitas é a rosaamarela, e veio para aqui mandar filetes (perdoe-me mas o que escreveu não é de quem pense saudavelmente na questão - são apenas blogues e respectivos autores/as, e não superstars) só para irmos ver o seu blog e para ter visitas, já que é esta a sua linha de pensamento.

    E não, antes que alguém me atire que também só me vim meter ao barulho porque também quero visitas (WOOO O PODER), aviso desde já que não precisam de ir ver o meu blogue. Os respectivos autores têm um ego tão grande e são tão espectaculares que não há qualquer necessidade de visitas. :3

    ResponderEliminar
  44. Ahahah!

    Queremos concurso sim! Ou sorteio daqueles com número aleatório.

    Podias sortear aquela àgua difícil de arranjar.

    ResponderEliminar
  45. Mas atenção, Alexandra, os portes de envio correm por conta do beneficiário do prémio. A não ser que se arranje um patrocínio do Turismo Holandês (daí a minha ideia dos tamancos). Seria a win-win situation. ;)

    ResponderEliminar
  46. Tens razão. Luna, sorteia um dinamarquês!

    ResponderEliminar
  47. Bem... se for como o outro... pick me! Pick me!

    (just kidding, sou uma senhora muito ajuizada, mesmo com um olhómetro afiado para o que merece ser visto).

    ResponderEliminar
  48. tanto tempo perdido sem que valham a pena para...

    "os cães ladram e a caravana passa"

    avancemos!

    :)

    ResponderEliminar
  49. Alexandra: o dinamarquês ficava para mim!

    ResponderEliminar
  50. Depois dos hateblog só mesmo estes blogs de meninas a fazer queixinhas e a inventar histórias onde se fazem vitimas e OUTRAS para atrairem clientela.

    São vocês e o Marinho Pinto

    ResponderEliminar
  51. Ahaha, Teresa! Sabemos! :-)

    Luna, pronto, sempre fui mais pelos morenos. Sorteia o Alfaiate. Para beneficiência.

    Nota: Mas porque é que ao fim-de-semana os parvos não tiram folga?

    ResponderEliminar
  52. Luna, não percebi nada do que aconteceu...in fact, só sei que isto 4 'dejá vu's'...

    Só acontece assim aos de excelência, como tu:)

    Continua assim, tal qual, que ézumáximo!

    Abreijos,

    Di

    (agora que tou curiosa cumó catano...tou)

    ResponderEliminar
  53. "(agora que tou curiosa cumó catano...tou) "

    Dinada, o (não) referido blogue já desapareceu. Agora já não dá para ver nada... mas também não perdes grande coisa. Em termos de hate blogs era do mais fraquinho que já se viu por aí.


    rosaamarela, e deixar as drogas não? Isso anda a fazer-te mal ao cérebro e não dizes coisa com coisa.

    ResponderEliminar
  54. Como eu percebo! Já me aconteceu algo assim! :)

    Eu ignorei e disse (sou) superior a esta gente mesquinha!!

    ResponderEliminar
  55. Sempre a inspirar a blogosfera, Luna!

    Se isto não é um plágio descarado vou ali e já venho.

    http://asnovenomeublogue.blogspot.com/2011/04/verdade-da-mentira.html

    ResponderEliminar
  56. Não estou a par do que se trata e também não me diz respeito, portanto, opinarei sobre o texto.

    Uma mentira repetida muitas e muitas vezes corre o risco de tornar-se uma verdade aos desavisados que lhe conhecem pouco ou criar dúvidas a aqueles que mesmo lhe conhecendo, estão sujeitos a isso, porque o natural do ser humano é se atrair pelo lado negativo.

    A velha história, quando dois discutem, o prazer é do terceiro que ouve.

    Evidente que não podemos fugir dos conflitos, tampouco alimentá-los, mais ainda quando se trata da web.

    A web não perdoa, mentiras, intrigas, calúnias não são esquecidas e quando são, acabam por ser relembradas. Como clássicos em uma biblioteca, sempre alguém retorna a abrir as páginas e ler.

    A realidade continua a ser a mesma, é verdade, mas a irrealidade pode lhe transtornar, lhe fazer mal. É preciso muita diplomacia pra adquirir frieza depois que se deixou envolver.

    Criar uma matéria sobre isso em um blogue ou comentar nos hate blogues é envolvimento.

    Apenas siga em frente.

    ResponderEliminar
  57. Ghost Writer

    por ter um blog com alguma visibilidade, volta e meia, quando são criados hate blogs, o meu nome é mencionado.

    Geralmente os posts dos tais blogs são inofensivos, porque como não me exponho muito no blog, acabam por não ter muito por onde pegar, no entanto os comentários são sempre de teor calunioso e difamatório, não só sobre mim, mas pior, sobre a minha família e até sobre pessoas que já não estão entre nós.

    Os comentários são sempre os mesmos, o teor é sempre o mesmo, provavelmente são feitos sempre pelas mesmas pessoas, e o único objectivo é ofender e magoar, nem que para isso se tenha de inventar as histórias mais escabrosas sobre os meus familiares mais próximos (cujo teor nem sequer vou mencionar, porque é demasiado baixo).

    Dado que qualquer pessoa com mais de dois neurónios ou que me conheça a mim e aos meus, sabe que nada daquilo é verdade, e dado que não posso impedir que me difamem, a única coisa que posso fazer mesmo é encolher os ombros, e esperar que as pessoas tenham o discernimento suficiente para perceber que não é verdade, e que se quem o faz não soubesse estar a mentir, não precisava de se esconder na impunidade do anonimato.

    De resto, não há muito a fazer. Isto já aconteceu várias vezes, e vai voltar a acontecer. Como sempre também, tal como começam, estes blogs acabam, tal como o blog a que se referia este post, que já foi apagado.

    ResponderEliminar