8 de novembro de 2011

Estar errado por vezes é bom

Neste mundinho meio à parte que é a blogosfera, em que ninguém se conhece mas acha que sim, já muitas vezes cometi o erro de julgar precipitadamente outros, mas mais ainda outras bloggers, e embirrar com elas só porque sim, só por serem tão diferentes de mim, por serem demasiado pink, ou demasiado positivas, optimistas, no fundo, por serem apenas o oposto da pragmática, realista, cínica e crónica pessimista que eu sou. Por uma ou outra razão, algumas vezes, o contacto inesperado e quase improvável com as mesmas, fez-me engolir todas as ideias feitas que tinha, mostrando-me que apesar das diferenças de maneira de ser, estava errada na minha opinião, tendo-se revelado pessoas decentíssimas. Elas sabem quem são, porque lhes disse, coberta de vergonha, mas passando o embaraço do julgamento precipitado de quem não conhece minimamente e faz figura de imbecil, fico feliz por ter estado errada. E ainda ter ido a tempo de o reconhecer.

21 comentários:

  1. ahahha, conheci-te antes de embirrar com a tua persona blogosférica, mas admito que pudesse ter acontecido, sua hiper mega optimista demasiado bem disposta a maioria do tempo. :)

    ResponderEliminar
  2. É tão fixe saber dar o braço a torcer.

    ResponderEliminar
  3. Julgo que essas embirrações só porque sim (não é mas é como se fosse) são mato por aqui. Somos todos tão opinativos, tão apressados a fazer julgamentos que me assusta se pensar nisso a sério. É muito ego, muito julgamento, muita exposição (mesmo que só de palavra). A melhor das coisas é mesmo termos a oportunidade de perceber que estávamos errados. E reconhecê-lo - mas isso não é qualquer um que faz ;)

    ResponderEliminar
  4. Hoje acordei a cantar uma música pirosa duma telenovela Brasileira que começa com um: cheguei, pra conquistar o mundo!! Isto é que é ser demasiado optimista lol Vá lá que tive a oportunidade de te conhecer antes de embirrares comigo! Já viste o que nós tinhamos perdido se não achasses graça a esta bem disposta que aqui debita? ;)) beijooos! Gosto muito de si!

    ResponderEliminar
  5. Guilty as charged. Há que reconhecê-lo. E a inversa também acontece, o que é chato, porque em vez de uma grata surpresa, temos uma desilusão.

    (a Andorinha? puf, não se aguenta tanto optimismo ;P)

    ResponderEliminar
  6. Sou uma incompreendida! (acrescentar o gesto de mão na testa e dedo mindinho espetado pro ar e um suspiro!)

    ResponderEliminar
  7. Um beijinho muito grande para ti. Não só por seres como és em tudo o resto, mas por teres esta capacidade de admitir os próprios erros "tão publicamente".

    ResponderEliminar
  8. Izzie: e nem imaginas como ela acorda bem disposta aos pinotes, enquanto eu odeio todo o mundo em geral durante umas horas...

    ResponderEliminar
  9. Mas eu antigamente não acordava bem disposta sabes? Tinha um mau acordar que valha-me Deus. Mas com a idade e principalmente com a Candeia tive que mudar. Mas contigo só lá vai de peq almoço em punho pela goela abaixo :D

    ResponderEliminar
  10. Tu desculpa lá, ó Pardaloca, mas pessoas que antes do duche e pequeno almoço (e, em dias de semana, antes do café) estão bem dispostas são pessoas que deviam estar numa camisa de forças. PercebesteS, ó Faisona? Bem, não me faças ir aí ;)

    ResponderEliminar
  11. Por vezes estas coisas acontecem...

    ResponderEliminar
  12. Vens tu e mais quantos, ah? ah? ah? Pfff!

    ResponderEliminar
  13. Vou só eu e já chego. Sou maior ca tu, e peso à vontade mais uma arroba. Toma!
    (para terminar esta discussão em grande: tu tens é inveja. não sei bem do quê, mas fica a mensagem :P)

    ResponderEliminar
  14. Tenho inveja de não precisar dum banquinho! :D

    ResponderEliminar
  15. Same here. Também já me aconteceu, e julgo que temos pelo menos duas pessoas em comum nessa matéria.
    às vezes pode ser mesmo muito bom estar enganada.

    ResponderEliminar
  16. Ó não digas isso! Sempre gostaste de mim!

    ResponderEliminar
  17. geralmente a blogosfera falha por ser unilateral, sendo assim as pessoas demonstram apenas uma faceta que nem sempre corresponde ao todo.

    ResponderEliminar