8 de novembro de 2011

Guilty pleasures

Confesso que mantenho certos blogues no reader devido às constantes bacoradas e momentos verdadeiramente duh, que a par de um certo constrangimento, me vão proporcionando momentos de pura galhofa. E sabem lá o quanto tenho de me controlar para de vez em quando não me pôr a gozar abertamente com certas acefalias que vejo escritas com muito orgulho. E ainda falam da tal Cátia dos segredos.

14 comentários:

  1. Guilty eu também. E sim, às vezes tenho cá uma vontadinha de deixar uns comentários... mas depois lembro-me que a senhora minha mãe ainda acalenta a esperança de me ter educado bem, e desisto.

    ResponderEliminar
  2. Pois, é como eu, mas às vezes dá mesmo vontade de dizer "helloooooooo".

    ResponderEliminar
  3. Juro que me sinto mesmo mal por me sentir reconfortada com a estupidez alheia. A minha auto-estima é fraquinha, fraquinha, e às vezes vem mesmo a calhar. Até me sinto prémio nobel :D

    ResponderEliminar
  4. sim, eu também não digo que isto é um sentimento nobre... mas dá para nos rirmos de vez em quando.

    ResponderEliminar
  5. Guilty as charged.

    Há personagens que não lembram ao diabo. E o pior é que escrevem disparates (já para não mencionar as asneiras de forma) ao desbarato com o maior orgulho, certas de que estão a dar grandes contributos ao mundo. Orgulham-se daquelas vergonhas.
    Eu envergonho-me um bocadinho por elas. Mas não resisto a mantê-las no Reader. Sei que mais tarde oui mais cedo lá virá novamente diamante de grande quilate.

    ResponderEliminar
  6. so glad I'm not the only one. é que não resisto mesmo a ir-me rindo sozinha umas quantas vezes :)

    ResponderEliminar
  7. Valha-me Nossa Senhora do Blogger, então, meninas, comportem-se! Guilty pleasures são inconfessáveis... Mas vá... bom mesmo era citá-los!

    (um) beijo de mulata

    ResponderEliminar
  8. Beijo de mulata, aí está um segredo que não revelaríamos nem sob tortura.

    ResponderEliminar
  9. :) indeed.

    Mas o que mais me enerva é quando essas mesmas pessoas se põem a criticar este ou aquele assunto, esta ou aquela pessoa, com muita propriedade (e, não raro, com erros ortográficos, de sintaxe ou de articulação). Há tanto telhado de vidro por aí que me faz uma impressão imensa como é que as pessoas não têm uma certa auto-censura higiénica. Nem que seja por vergonha.

    ResponderEliminar
  10. Eu fico ainda mais estupefacta quando dizem coisas para se armar, que só demonstram uma enorme ignorância.

    ResponderEliminar
  11. Poderiam intitular-se como os blogues "É de mim?". Não sei, tenho ideia que 90% dos posts parvos começam assim.

    ResponderEliminar
  12. Oh my God... I'm screwed! =/

    ResponderEliminar