13 de março de 2012

"if you want to be a millionaire just get yourself raped"



via Jugular

 (e ainda perguntam por que se justifica um dia da mulher)

14 comentários:

  1. Duas grandes mulheres, é o que são.

    ResponderEliminar
  2. Por que e não "porque". Concordo completamente contigo...

    ResponderEliminar
  3. correctíssima, já corrigi.

    ResponderEliminar
  4. Olha, adorei, aprendi umas cenas que não sabia, e a Hillary subiu ainda mais na minha consideração.

    (E sim, claaaaaro, precisamos de dois ou mil dias da mulher, que o que a gente gosta é de descontos nas lojas, uiiiiiii, e muita florinha, uai. Revirar de olhos.)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adorei o vídeo. Se calhar em Portugal não faz tanto sentido o dia, mas ainda existe muito trabalho para fazer no resto do mundo...

      Eliminar
  5. Obrigada pela partilha, fabuloso!

    ResponderEliminar
  6. muito obrigada pela partilha! na continuidade do tema, tomo a liberdade de sugerir um pequeno vídeo sobre o making of da sessão de fotografia que a Meryl Streep fez recentemente para a capa da vogue americana com a Annie Leibowitz, e para a qual a sua única exigência foi ser fotografada com o grupo de mulheres que está a tentar criar um Museu Nacional da História das Mulheres nos EUA, uma iniciativa que tem conhecido bastante resistência, nomeadamente por parte do Congresso: http://client.1000percentnyc.com/vogue/ms/meryl_v3/

    ResponderEliminar
  7. Esta senhora...estas senhoras. Houvesse mais assim e seria um mundo menos perro.

    ResponderEliminar
  8. Muito obrigada por partilhares isto. Que inspirações, estas duas! Ligasse o mulherio mais a exemplos como estes e menos a Kates Moss e Rihannas e eu teria mais esperança na possibilidade da verdadeira igualdade de género.

    ResponderEliminar