9 de outubro de 2008

Bitterballen

E agora vamos falar da comida. Neste momento, e possivelmente influenciada pelo facto de hoje estar sol e ter os pes secos, nao consigo decidir o que sera pior, se o tempo, se a comida. Quando ca vim a entrevista, em Agosto, encontrei-me com uma amiga que para ca viera ha uns meses. Se antes era magra, estava a beira da subnutricao. Disse-me que passava literalmente fome, porque so conseguia comer sopa na faculdade. Pensei que exagerasse, ou pelo menos que eu, melhor garfo, nao sofresse tanto. Enganei-me. E a prova e que sou, neste momento, uma pessoa com fome. Que, habituadinha a pagar cerca de $7 por uma refeicao completa com escolha tao variada como sushi ou comida mexicana, se ve agora limitada a fraca cantina universitaria, onde se paga 5 euros - nao consigo fazer o simbolo do euro neste teclado - por uma sopinha e dois croquetes. Como nao sei falar holandes, nunca sei do que sao os croquetes, e cada vez que os corto vivo uma experiencia unica, ao melhor estilo kinder surpresa. Ja apanhei, por exemplo, um croquete de massa. Acho que era de tagliatelle, mas nao posso precisar, porque estava muito compactada. Esse dia ate foi bom, por que como o outro era de carne, foi quase uma bolonhesa, mas com a massa e a carne em separado, e fritas em croquetes. Eu nao sabia que havia croquetes de massa, mas entretanto ja me garantiram que ate ha de arroz. Fico a espera de apanhar um desses, com certeza uma verdadeira iguaria. Ou entao posso comer uma sandes de queijo, que, basicamente, e a outra alternativa. Bem bom.

8 comentários:

  1. Isso era mesmo pra eu bater mal... se normalmente já sou um bocado esquisita com a comida... passava mesmo fome!

    *BJS*

    ResponderEliminar
  2. E levar de casa, comidinha catita, não é opção?

    ResponderEliminar
  3. Espero que nao te apresentem "fricaldel" e das coisas mais nojentas que os holandeses comem. E complicado comer fora de casa especialmente em cantinas, a solucao passa mesmo por refeicoes caseiras na hora de jantar.
    Boa sorte!

    ResponderEliminar
  4. croquete de arroz é muuuito bom!

    ResponderEliminar
  5. Olá
    O único sitio fora de Portugal (e já estive em n sitios) onde comi realmente bem foi em Amerterdam!
    lembro-me de um restaurante onde comi um fondue de queijo fantástico... Mas é verdade que quase fui à falência...
    Não há como a comida (e o café) portuguesa.
    Mas de qualquer forma estás numa cidade lindissima. Aproveita :)!
    E podes sempre cozinhar em casa...
    boa sorte
    Pat

    ResponderEliminar
  6. :-)

    Alguem que compreende o meu suplicio! Gostei particularmente dos croquetes kinder surpresa... Na mouche!

    ResponderEliminar